Plataforma ‘TamoVip’ promove renda extra para artistas durante a pandemia

Cantores, atores, esportistas, comediantes e influenciadores digitais contam como um novo segmento de mercado para obter uma inovadora nova fonte de renda em meio à crise no setor de entretenimento

A classe artística foi uma das mais prejudicadas pela pandemia do coronavírus em todo o mundo. Assim, a internet transformou-se em estúdio e palco para milhares de profissionais que utilizam a sua imagem como profissão. Com necessidade de adotar medidas de segurança para evitar a disseminação da doença, gravações de filmes, novelas e outros produtos audiovisuais foram interrompidos, eventos suspensos e até companhias e empresas do segmento precisaram fechar suas portas para seguir as restrições necessárias neste momento.
Com o objetivo de criar uma fonte de renda extra para esses profissionais e ao mesmo tempo ajudar importantes causas sociais, os empresários Pedro Vizeu e Joe Hirakuri lançaram a plataforma “TamoVip.com”, um modelo de Marketplace em que os artistas gravam vídeo mensagens personalizadas para fãs, contam uma piada, enviam votos, fazem brincadeiras e até cantam trechos de uma música de sua autoria. Tudo isso pode ser personalizado pelo cliente através de um campo disponível no momento da contratação.
Segundo Vizeu, o projeto brasileiro foi inspirado na plataforma Cameo.com, já conhecida nos Estados Unidos. Por lá, grandes celebridades como a atriz Lindsay Lohan, o cantor Snoop Dogg e o boxeador Floyd “Money” Mayweather estão disponíveis para gravar mensagens mediante ao pagamento do valor precificado pelo próprio artista. O empresário afirma que no Brasil “os fãs são realmente adoradores de seus ídolos, dos craques dos seus times, dos creators, gamers e streamers que não param de crescer. Oferecemos o autógrafo do século 21, que gera empatia nas pessoas ao passo em que aproximamos celebridades e fãs”.
Os idealizadores do projeto descrevem o funcionamento do serviço como “rápido e descomplicado”. Segundo Hirakuri, “temos cases recentes onde com o mínimo de divulgação nas próprias redes sociais, os VIPs (artistas cadastrados na plataforma) podem alcançar a considerável renda de até R$1.000 diários, gravando vídeos de cerca de 45 segundos por no máximo 15 minutos ao dia”.
Entre os nomes do já estrelado casting estão Valesca Popozuda; “Joselito Sem Noção” (humorístico Hermes & Renato); Carla Fiorini, estrela da novela Chiquititas; Digão da banda Raimundos; os famosos e adoráveis cachorrinhos tiktokers, Madá & Bica; os reis das animações e comédia digital, Irmãos Piologo; atletas como Cicinho, Dinei, Tiago Camilo e Flávio Nakagima (surfista e participante do reality show da MTV ‘De Férias com o Ex’).
Hirakuri acrescenta que nomes como o de Sérgio Mallandro (mais recente grande celebridade da TamoVip) “possuem ótimo faro para empreendimentos lucrativos, ingressando no mundo das startups e negócios digitais com frequência. Hoje as celebridades notaram que é preciso acreditar nas novas tecnologias que atuam na geração de renda em tempos difíceis, e ao mesmo tempo aumentam a relevância digital num cenário de pouco movimento nas ativações presenciais de marca e eventos no mundo do entretenimento”.

Responsabilidade social
Além da conexão entre artistas e fãs, a plataforma investe na arrecadação e doação de valores para projetos sociais no Brasil e no exterior. Ao final de cada transação, tanto fãs quanto artistas podem doar uma porcentagem do valor da compra, que varia de 1% a 100% do valor do vídeo, a grandes causas sociais e ONGs.
Entre as instituições que já foram convidadas para fazer parte do projeto, estão Instituto Ayrton Senna, no fomento à educação; Retiro dos Artistas, no apoio a artistas aposentados; Malala Foundation, no cuidado a meninas em situação de risco; Instituto Butantan e Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, visando o combate à covid-19; Mano Down, apoiadora de jovens portadores de síndrome de down, e a Fundação Fenômenos, projeto social liderado pelo jogador Ronaldo Nazário, com sede em São Paulo (SP).

Os criadores
Pedro Vizeu nasceu na Espanha e é o coração da TamoVip. Com fome de negócios e visão internacional, o jovem de 31 anos desembarcou no Brasil em meados de 2017 e já está em sua segunda startup de sucesso em solo brasileiro: “Iniciei e vendi uma startup em menos de um ano e meio, tudo aqui no Brasil. Um país de mercado emergente pode ser tão consumidor quanto qualquer país de primeiro mundo. Começar e tracionar um negócio aqui não é fácil, mas o público é muito mais fiel. Uma vez que você oferece um serviço inovador e que gera impacto, fatalmente uma empresa terá sucesso”.
O paulista Joe Hirakuri usa o bom relacionamento e a “escola CLT” para explicar o sucesso da empresa, que em menos de 6 meses de operação já lidera o setor na América Latina: “Quando uma boa ideia se une a solução de problemas, o risco diminui drasticamente. Planejar de forma inteligente, executar atento a erros e acompanhar indicadores diariamente, como se tudo fosse uma grande empresa de 500 funcionários, fez nossa startup chegar no atual patamar. É surpreendente receber mensagens em pleno final de semana ou comentários tarde da noite, onde do outro lado um famoso ou um usuário final se derretem com o serviço: “O site de vocês está me tirando da falência” ou “Esse foi o melhor presente que eu já ganhei na vida!”

 

 

Texto e imagens cedidos por: Di Comedy Online, em 22/02/2021.

Imagem de capa: Freepik (<a href=”https://br.freepik.com/fotos/pessoas”>Pessoas foto criado por freepik – br.freepik.com</a>).

 

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *